Qual é o melhor gateway de pagamentos para sua loja?

Atualmente existem vários gateways de pagamentos no mercado, além deles ainda existem os intermediadores que quase sempre são confundidos com gateways de pagamento. Neste post vou explicar o que é um gateway de pagamentos e um intermediário de pagamentos, também irei explicar como escolher o melhor gateway de pagamentos para sua loja virtual.

Intermediário de pagamentos

É um serviço que intermedia os pagamentos ou cobranças, fica com ele a responsabilidade de garantir a devolução do valor pago pelo comprador caso o vendedor não entregue o produto ou ocorra algum problema com a entrega. O intermediador também, é responsável por realizar a avaliação do risco (de prejuízo) é ele quem tomará as providências para garantir que as transações são legitimas.

As principais características de um intermediário de pagamentos são:

  1. Você não precisa ter contrato com a operadora de cartão de crédito ou banco
  2. O dinheiro recebido fica com o intermediário por um período de 14 dias (ou mais)
  3. Você paga apenas pelas transações que foram realmente pagas pelo comprador
  4. Você paga um valor fixo por transação
  5. Você paga taxas de 2 a 6,9% por transação
  6. O pagamento ocorre obrigatoriamente na página do intermediador de pagamentos

Gateway de pagamentos

Pequenos gastos podem consumir boa parte dos lucros

É um serviço que oferece um meio de integrar seu site com um método de pagamento (cartão de crédito, boleto, transferência eletrônica…). Normalmente a responsabilidade do gateway de pagamentos se restringe apenas a verificar se sua loja virtual possui os pré requisitos de segurança (PCI compliance) e oferecer o método de integração.

As principais características de um intermediário de pagamentos são:

  1. Você precisa ter contrato com a operadora de cartão de crédito ou banco
  2. Você pode realizar cobranças recorrentes (cobranças mensais)
  3. O dinheiro recebido vai direto para a conta da sua empresa
  4. Você paga por todas as transações mesmo que o comprador não pague
  5. Você paga um valor fixo por transação
  6. Sua loja virtual precisa ter um certificado de segurança SSL
  7. A gestão de risco fica por sua responsabilidade (recomendável contratar uma empresa especializada)
  8. O pagamento ocorre na página da sua loja (também pode ser realizado na página do gateway)

Em relação aos gateways de pagamento ainda temos duas observações:

  1. Você pode integrar diretamente com a operadora de cartão de crédito ou banco por meio da documentação oferecida por eles, porém, o material deles costuma ser extenso e complexo. Este detalhe pode causar um aumento no tempo de produção da sua integração com o meio de pagamento escolhido.
  2. Existem gateways de pagamento oferecidos por empresas terceirizadas, estas empresas oferecem uma única documentação que permite integrar vários métodos de pagamento (você precisa ter contrato com a operadora ou banco). Estas empresas oferecem seus serviços por meio de assinatura com pagamento mensal ou custo minimo mensal, facilitam todo o processo e agilizam grande parte do trabalho, altamente recomendado para pequenas empresas com um volume considerável de transações.

Como escolher entre um gateway e um intermediário?

Escolher entre estes serviços é relativamente fácil, basta responder as perguntas que elaborei e disponibilizo abaixo, com o resultado das respostas você terá a indicação dizendo se deve utilizar um gateway de pagamentos ou um intermediário de pagamentos. A regra é simples, cada resposta vale 1 ponto, para cada resposta SIM, some 1 ponto, para cada resposta NÃO, subtraia 1 ponto.

  1. Sua empresa fatura mais de R$ 5000,00 por mês apenas com comércio eletrônico?
  2. Sua empresa já está devidamente registrada? (possui CNPJ, Inscrição Estadual, alvará de licença e outros documentos aplicáveis)
  3. Em relação ao comércio eletrônico sua empresa possui ao menos 3 colaboradores?
  4. Mensalmente sua empresa realiza ao menos 85 transações pagas? (transações onde o comprador realmente pagou)
  5. A quantidade de transações não pagas é menor que a quantidade de transações pagas?
  6. A quantidade de transações pagas corresponde a 80% (ou mais) de todas as transações na loja virtual?
  7. Sua plataforma de comércio eletrônico permite que você escolha entre intermediário de pagamento e gateway de pagamento?
  8. Sua plataforma de comércio eletrônico permite que você instale um certificado SSL?
  9. Sua empresa possui (ou recebe assistência) profissional especializado no desenvolvimento de comércio eletrônico? (profissional neste caso significa pessoa que trabalha apenas com comércio eletrônico)

Se ao final das perguntas você alcançou 6 pontos, então, é recomendável contratar um gateway de pagamentos. Com menos de 6 pontos é melhor escolher um intermediário de pagamentos.

Exemplos de gateways e intermediários de pagamento

Existem vários, vamos destacar aqui os mais conhecidos. Deixando claro que não temos vinculo com nenhum deles e que não estamos recomendando utiliza-los ou o contrário.

Intermediário de pagamento no mercado

  • PagSeguro
  • MoIP
  • Pagamento Digital
  • Mercado Pago

Gateway de pagamento no mercado

  • Gateway Locaweb
  • Bold Cron
  • Cobre Bem
  • Cobre Direto
  • Braspag

Finalizando

E você quais os problemas, dificuldades ou dúvidas você tem em relação aos meios de pagamentos?

6 comentários sobre “Qual é o melhor gateway de pagamentos para sua loja?”

  1. John,

    Excelente artigo! Muito esclarecedor, mas tenho que fazer uma observação. Se você ainda não tem uma loja virtual, a maioria das perguntas será negativa. Creio que no final das contas, a melhor alternativa para quem está abrindo uma loja virtual, seja mesmo optar por um intermediário de pagamentos. A não ser que seja uma loja de alguma empresa já bastante conhecida no mercado.

    Mesmo que uma empresa opte por começar com um intermediário, a migração posterior para um gateway de pagamentos é muito complicada?

  2. Boa tarde,

    EU gostaria de saber se é possível efetuar pagamentos recorentes com intermediários de pagamentos.

    Obrigado!

    1. @ RAFAEL
      Com intermediários de pagamento sim (normalmente todos eles oferecem este recurso), mas com gateways depende do tipo de contrato que você tem com a entidade de cobrança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *